Flor mascote!

Como vocês devem ter percebido, o símbolo do blog é uma simpática florzinha! Mas esse não é um desenho qualquer, algo que criei da minha cabeça… Trata-se da representação de uma flor de “Quaresmeira”, que com certeza você já viu por aí!

Image

Image

Lembrou?

Várias espécies de plantas são conhecidas como “Quaresmeiras”. Elas pertencem ao gênero Tibouchina, e são muito populares.

Olha só como é fácil reconhecer uma quaresmeira! Se ela estiver florida, é mole! Essas plantas produzem um enorme número de flores grandes e roxas, bem características. Cada flor tem cerca de 5cm de diâmetro, e talvez você veja uma abelha grande e preta rodeando perto delas.

Image

No interior da flor você vai encontrar estruturas masculinas e femininas, sendo que as masculinas lembram uma foice:

Image

Se a planta estiver sem flores, basta olhar com um pouco mais de atenção para os ramos dela. A primeira coisa que você vai perceber é que as nervuras das folhas são bem curvadas, formando um desenho arqueado; depois, veja que as folhas saem duas a duas dos ramos da árvore; e, finalmente, veja que os ramos tem um formato quadrangular, e não cilíndrico, como costumamos ver em outras plantas:

Image

Bem, agora você já sabe o que é o símbolo do Blog! E tenho certeza de que vai começar a ver Quaresmeiras por todos os lugares!

Abraços,

Carol

PS: Clique nas fotos para ver imagens maiores!

Apresentação

Ao longo dos anos em que estudei Biologia, percebi que a Botânica não é tão querida entre a maioria das pessoas, nem mesmo entre os biólogos:

 

“muitos nomes pra decorar”

 

                                            “planta é uma coisa muito chata, nem se mexe!”

 

“ainda bem que você gosta, Carol, porque se dependesse de mim…”

 

… Mas, na verdade, eu acho que a Botânica é mal compreendida, e daí vem sua “má fama”. Foi pensando nisso e em mais uma porção de coisas que resolvi criar esse Blog. Aqui, vou escrever o pouco que sei sobre biologia floral, o assunto que escolhi dentro da Botânica e que me fascina muito. Pretendo postar também informações gerais sobre flores, sua organização, para que servem, porque elas são importantes para a diversidade de um ambiente…

A cada mês, vou falar sobre uma espécie que está com flor na natureza e uma que está com flor na cidade (por isso o nome “Calendário Floral”). Essas informações das espécies com flores vão acabar ficando mais restritas ao que se vê no interior de São Paulo, que é onde moro; mas há vários casos de plantas que estão espalhadas por todo o Brasil (especialmente aquelas que vemos nas cidades); e as discussões gerais sobre biologia floral valem para o mundo todo! 

Espero que gostem do Blog!

Um grande abraço,
Carol